• Daniela Ventura

O meu roteiro: escapadinha a Coimbra e a Monsanto


Vamos de férias! Vamosss de fériassss!


Já há alguns anos que isso não acontecia: ora por ir para mais longe com miúdos (sobretudo aqueles que gritam durante o caminho inteiro) me cansa e desmoraliza, ora porque este ano "não estava bom para isso", ora porque - aqui a "Maria" - nem sempre se sente segura em ir para outros locais, ora porque nenhum dos dois tinha coragem de investir o dinheiro numa semana de férias ou ora porque não nos organizávamos e, quando tentávamos alojamento, pufff!


Bom, este ano foi por um triz!

Em janeiro, mascámos as férias do ano todo no calendário (gritei "Vitóriaaaaaa") e fizemos planos: precisamos de praia e vamos nesta data, depois poupamos por aqui e vamos para a casa dos avós e por aí fora.

Minha gente: mas este ano de 2022 não está para brincadeiras e uma pessoa chega a Agosto aos trambolhões e a achar que merece um pouco mais do que "ir até à casa (que tão bem conhecemos - abençoados por nos poderem receber e tratar de nós) dos avós"!


Eu só pensava: e a natureza? E a naturezaaaa? Preciso de me enfiar na natureza!

(e lá vinha o diabinho a sussurra-me ao ombro que a natureza estava toda a arder e que era melhor ficar quieta num sítio seguro).


Julho foi transformador. Agarrou em mim e empoderou-me. De alguma forma, resgatou-me. Então decidi deixar-me de "cócós" ambulantes e marcar uns dias só nossos e à nossa medida!


Que é como quem diz: passeios históricos que me permitem mergulhar fundo em épocas passadas e absorver toda a magia do que se passou naqueles locais,

e, paisagens bonitas e cheias de natureza e muita, muita praia fluvial!


Estava decidido: Coimbra e Monsanto que nos aguardassem - estava preparada para os visitar e os encher de muito amor!


 

COIMBRA

1/2 dia + 1 dia + 1/2 dia


Dia 1 - Mosteiro de Santa Clara-a-Velha + Torre de Barbacã + Arco e Torre de Almedina + Sé Velha de Coimbra

Chegamos a meio do dia, pelo que contabilizei apenas a tarde para o passeio.

Vamos directos ao Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. Fundado em 1283 - por Dona Mor Dias foi, mais tarde, refundado em 1314 pela rainha Santa Isabel que ali viveu e foi sepultada (apesar de, actualmente, os seus restos mortais já não se encontrarem lá).


Junto à cerca, a Rainha Isabel de Aragão mandou construir um Paço onde viveu. Foi também aqui que D. Inês de Castro foi assassinada a mando de D. Afonso IV.


O Mosteiro foi pensado naquele local, pela proximidade que tinha do rio - uma vez que a presença da água era uma mais-valia para a comunidade monástica e para o dia a dia no Paço Real. Contudo, as cheias cíclicas do Mondego tornaram insuportável a vida ali, obrigando ao abandono definitivo do mesmo em 1677, para o novo convento (Mosteiro de Santa Clara-a-Nova).


As suas ruínas compreendem a igreja e um claustro com dimensões monumentais, que o tornam no maior claustro gótico conhecido em Portugal.


O meu interesse nesta visita é o seu peso histórico e a ligação do local à Rainha Santa - a quem sou devota - e, claro, à história de Inês de Castro. Ali muito se viveu e estou curiosa para sentir a energia do espaço.


Depois desta visita, vamos deambular pela zona velha de Coimbra onde esperamos jantar.


Dia 2 - Jardim das Lágrimas

Sim, está ligado - mais uma vez - à história de Inês e de D. Pedro. Uma história que me faz sentir mais pesar do que me deixa a suspirar. Mas a visita a este local não está relacionada (apenas) com a curiosidade por este espaço devido à sua história - mas antes à sua beleza como jardim. Adoro "jardins com história" e com um verde bucólico que me engole, me revitaliza e me transporta até outros locais.


Os cheiros e o ambiente é o que me faz ter vontade de por ali me demorar - o miúdo corre, eu conecto e tiro fotos e o pai aproveita para enraizar.


Dia 3 - Mosteiro de Santa Clara-a-Nova

É o último dia e mais um mosteiro: não podia vir a Coimbra e ir embora sem visitar o túmulo da Rainha D. Isabel. Francamente, é só para isso que lá vou. Elevar orações em locais especiais é algo que faz parte da minha rotina espiritual - de quando a quando, sinto vontade de o fazer e é importante para mim. Aqui, ainda nunca estive.


Num ano que vai desafiante e que sinto tão intenso e importante - vai ser uma paragem de valor para recarregar energia.


Como deixamos Coimbra pela hora de almoço - vamos despedir-nos e encerrar o nosso roteiro por aqui.

Afinal, vamos fazer slow-trip.



MONSANTO

3 dias


Monsanto é uma das aldeias históricas de Portugal - em Idanha-a-Nova - cenário de filmes fantásticos e do mais pitoresco que há. Já lá estive em passeio mas... nunca me tinha lembrado de lá ficar!

Alugámos uma casinha que parece ser linda - para sentirmos a aldeia em modo "estar" ao invés de modo, apenas, "passear".


Dia 1 - Chegada + Passeio em Monsanto

O que não falta são recantos para nos perdermos e fotografar em Monsanto! Desde a vista, ao castelo, às pocilgas, à casa penedo,... Vamos acomodar-nos, descansar e passar o resto do dia na "nossa" aldeia.


Dia 2 - Praia Fluvial do Pego e visita a Penha Garcia

Ainda não conheço e todo o meu Ser, este ano, grita "Praias Fluviaissss"!

Dizem que a zona balnear do Pego é imperdível. Tem uma série de bónus, como o de fica junto a moinhos antigos e da Rota dos Fósseis.


Como fica perto de Penha Garcia - vamos aproveitar para conhecer a aldeia e a Fonte Santa - uma das mais antigas fontes termais do país.


Dia 3 - Praia fluvial de Meimoa

Ali pertinho de Penamacor - e da Reserva Natural da Serra da Malcata - esta praia fluvial tem uma ponte romana e podemos fazer xopxop nas águas do rio Zêzere.


Vamos conhecer e saber se vale a pena. A ideia: descanso, natureza, água fresca e diversão para o mais pequeno.


Dia 4 - Partida + Vila Velha de Rodão

Fica a caminho, gosto (imenso) do nome que me atrai e ainda não conhecemos.

Vai ser paragem para que a viagem de regresso não custe tanto e, quem sabe, com direito a passeio no Tejo (que a Nossa Senhora do Calor nos ajude).



Este roteiro é uma idealização feita antes da visita.

Depois da nossa viagem, o artigo irá ser actualizado com mais detalhes e fotografias.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo